Petição On-Line

Subscreva a petição On-line contra as portagens nas SCUTS

COMISSÕES DE UTENTES DAS SCUT DO NORTE LITORAL, GRANDE PORTO E COSTA DA PRATA

ABAIXO-ASSINADO

Ao Presidente da Assembleia da República
Aos Grupos Parlamentares da Assembleia da República
Ao Ministro das Obras Públicas, Transporte e Telecomunicações

Considerando que:
• Passado um mês sobre a implementação das portagens nas ex-SCUT do Norte Litoral, Grande Porto e Costa da Prata está, inequivocamente, confirmado que a população e as Comissões de Utentes tinham absoluta razão nas lutas que desenvolveram contra esta medida.
• As portagens traduziram-se em encargos significativos para os utentes e empresas todos, já sobrecarregados com as medidas constantes do Orçamento de Estado para 2011.
• A economia desta região, muito debilitada, sofreu mais um ataque com consequências já visíveis.
• As alternativas, que o Governo considerou como o sendo, não o são, não escoam o trânsito, são focos de sinistralidade e constituem factores de “stress” para quem lá circula e para as populações afectadas.
• Todo este processo, repleto de suspeições e desrespeito pelos critérios definidos pelo próprio Governo, só foi possível porque PS, PSD e CDS-PP o quiseram.
• Que nada é inevitável e definitivo na vida. Todos os erros são possíveis de correcção. Assim o queiram agora, na defesa da economia, da qualidade de vida dos cidadãos e do respeito pelas regras definidas, aqueles que viabilizaram estas portagens.
Os abaixo-assinados reclamam a revogação imediata das portagens nas A28, A29, A41/42, A17 e A25.

15 de Novembro de 2010

Name:

E-mail address:

BI (won't be published):

Do not display name on website:

Esta entrada foi publicada em Eventos. ligação permanente.

98 Respostas a Petição On-Line

  1. vania s diz:

    boa noite !
    eu vim aqui para marcar a minha opinião sobre a mais recente estupidez , as scuts!
    se querem quue a situação económica do país melhore , não é decerteza com o dinheiro que roubam aos portugueses nas scuts, pois se os portugueses mal ganham não ganham para pagar as suas contas ainda têm de arcar com mais uma despesa por mês, e esta pode mesmo chegar aos 200 euros por mês no caso de pessoas que tem de passar lá mais de 2 vezes ao dia.
    já para não falar que se alguem não tiver a via verde e não pagar dentro de 4 dias os 20 centimos passam a quantias exorbitantes de 30 e tal euros.
    é ridiculo!
    em vez de ajudarem os portugueses, só pioram e complicam a vida da população

  2. Arnaldo Pereira diz:

    Esta gente que nos desgoverna ,tambem se esqueceu dos vendedores que usam as scuts para oseu trabalho.Já bastam os impostos para nos complicar a vida.

  3. Carlos Couto diz:

    Faço duas SCUTS por dia A28/A41…só tenho isenção em uma delas…
    Fico feliz pela Estradas de Portugal….leva-me 6,40€ por dia….sempre que vou trabalhar….A bem pouco mais de um mês ..não me levava nada…infelizmente não posso me denunciar das responsabilidades que assumi no trabalho…e tenho de cumprir o contrato….os senhores do governo…lembram-se e inventam novos contratos, novas portagens….será que se vão lembrar de taxas a entrada nos postos de abastecimento!?….Até ver a EN13/EN107 é a minha melhor amiga….

    Queria ver se os senhores da Nação não recebessem ajudas de custo, senhas de almoço, alojamento, carro….
    Que aproveitem…que é só até às próximas eleições….entram novos a mamar o dinheiro dos contribuintes…

    Saudações ilustres.

    • Ana diz:

      Só é lamentável que no final das contas sejam sempre os mesmos a ir lá parar… Ainda não deu para perceber que PS e PSD é tudo a mesma coisa!? É por isso que o povo é povo…

  4. Alexandra Rodrigues diz:

    A POPULAÇÃO DA MAIA ESTÁ A PAGAR MAIS PORTAGENS, ISTO NÃO É JUSTO, MAS SIM POLITICA. POIS VEJAM:
    PARA IR DA MAIA AO AEROPORTO TEMOS 4 (QUATRO) PORTICOS E QUEM VEM DO PORTO AO AEROPORTO 1 (UM) PORTICO, PAGA 0.6€. ATÉ AO AEROPORTO E OS MAIATOS NUMA DISTÂNCIA MENOR PAGAMOS 1.05 €.
    QUE PAÍS ESTE!!!

    • Rui Leitão diz:

      Façamos um esforço unido: evitemos, a todo o custo, utilizar as antigas “SCUT” .
      Vimo na MAIA, embora de momento, apenas ao fim-se-semana. Por motivos profissionais fui obrigado a fixar-me durante os dias úteis, nesse Portuigal Desconhecido, o Douro Superior.
      Deste que as “SCUT” passaram a ser portadas, deixem literarmente, de as utilizar.
      Desde há muito que abandonei o pagamento por VIA VERDE por forma a contribuir para a obrigatoriedade de manutenção de alguns (poucos) postos de trabalhos – se bem que não me restam dúvidas que a curto prazo deixaremos de ter alguém de nos dê as “Boas Noites” ao passarmos nas portagens.
      Se não tivesse respeito por aquelas pessoas, dar-me ía ao trabalho de pagar sempre com a nota mais alta que tivesse em meu poder…

  5. josé rodrigues do rego diz:

    … é normal neste País, à beira mar plantado. O povo português, não reaje e está macambúzio, por isso, aceita esta atitude política a mais estupida e vergonhosa a nivel mundial!
    Zeca

  6. fernando meira diz:

    Chega de fazer pagar os travalhados.
    fernanda

  7. ANTONIO ALMEIDA diz:

    NÃO ÁS SCUTAS

  8. José Coutinho diz:

    Eu deste governo já espero tudo, não era este Primeiro Ministro que disse que não portajava as CCUTS?????? temos que fazer alguma coisa por este mentiroso antes das eleições.

  9. Joao Rodrigues diz:

    Tenho acompanhado desde a póvoa de varzim, todas as manifestações contra as Scut.
    De todas elas verifico que a adesão é fraca, estando a maioria dos utentes á espera que os outros façam. Por mim e sempre que posso adiro. Já agora informo que desde o 1º dia que retirei do vidro o identificador e passo sempre pelos pórticos sem ele. Também no 1º dia dei uma entrevista á Antena 1 (que estava na área de serviço do mindelo) a dizer exactamente aquilo que afirmei em cima. Espero que como eu haja muitos mais utentes a fazer o mesmo. Atulhados de multas vão acabar por ceder. Lembrem-se dos radares em lisboa. Assim aconteceu. ninguem cumpria o limite de velocidade, e agora estão desactivados. FORÇA UNIDOS FENCEREMOS (onde é que já ouvi isto?).

  10. Ana diz:

    Concordo plenamente com o João Rodrigues! A força está do lado da população desde que esta se entenda como igual e as pessoas parem de achar que têm de se sacrificar porque “tem que ser”!!! Não tem nada que ser! A corda não tem de rebentar do lado mais fraco… só se o deixarmos.

Deixar uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Pode usar estas tags HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>